Confetti *ESPECIAL

16/08/2011 at 11:11 AM (All about!, Eventos) (, , , , , , , , , , , , , )

Hey Mig’s queriiiidas!

Ontem foi feriado aqui em Uberlândia então a semana só começa hj! E começa MUITO bem!

Demorei mas cheguei com um post completo, dando sequência ao evento da Premiere que contei aqui pra vocês na qual fui convidada a participar pelo meu querido amigo Antônio Patrus (ele já participou aqui no blog com o roteiro de viagem sobre Istambul, lembram?) grande nome do mercado têxtil mineiro com a sua  tradicional e famosa Casa das Fábricas em Belo Horizonte e também dono da Confetti Tekstil , que marcou presença na feira com um stand no setor City e Glam onde pude acompanhar na prática, exposição e venda da coleção de outono e inverno de 2012, tendo como especialidade estamparia em tecidos finos vindos diretamente da Turquia, chique não?

 Como eu disse no post sobre a feira, é muito legal conhecermos o ‘outro’ lado onde tudo acontece que é também muito interessante, e meu intuito aqui no blog é ser mais do que alguém que mostra modinhas, eu quero compartilhar com vocês as coisas importantes e que fazem realmente parte do mundo da moda como profissional da área e não só como uma blogueira por isso fiz uma entrevista rápida com o Patrus pra ele contar um pouco mais sobre a marca e sua atuação no mercado:

Fale um pouco sobre a Confetti:
Por estar perto de Istanbul, Turquia, a CONFETTI segue um padrão europeu de moda,com influência de grandes estilistas italianos em suas texturas e estampas. Produzimos um milhão e quinhentos mil metros por mês, com entregas pontuais em todo mundo com apenas dois meses depois do pedido, não trabalhamos com estoque, e só vendemos sob pedido e com exclusividade do desenho. Nosso mercado alvo e moda feminina, classes A e B, especializando em estamparias com modernas técnicas digitais e rotativas. O espírito da coleção outono inverno 2012 é a autenticidade em tecidos naturais como seda e algodao,e tbm viscose ,
e inspirações gráficas que evocam elegância,sofisticação, opulência bizantina estilizada ou toques art nouveau.

Quais marcas são suas clientes:
Sao clientes da Confetti: Morena Rosa, M.Valentina, Talento Modas, Cori, Le Lis Blanc, Huis Clos, Iodice, Mara Mac, Cintia Di Piere, Animale, Brasil em Gotas, Monogram, K9 , Helo Bicalho, SLY dentre outras. São clientes internacionais: Marc Jacobs ,
Marc and Spencer, Zara , Hermenegildo Zenha, Michael Kors,Valentino, etc.

Como você vê o Brasil no comércio têxtil:
O Brasil é um importante pólo têxtil mundial, que consome muito tecido, com grandes marcas, mercado interno forte e grande exportador.

Qual o tipo de tecido mais nobre na sua opinião? O mais requintado, e também mais caro?
A Seda pura e aí estamos falando do Xanel de seda, mousseline, xifon, crepe de chine, é o tecido mais nobre e mais vendido pela Confetti. Também o algodão fio 80, só, ou misturado com seda pura, mostram que as fibras naturais ganham espaço em cima dos tecidos sintéticos, muito vendidos por China e Coreia.

 Olha que queridos a equipe toda, e o Patrus, claro, simpático e parceiro! Tenho muita sorte em cruzar com pessoas tão maravilhosas no meu caminho! Agradeço mais uma vez por tudo, pela atenção, pela amizade e por participar e contribuir para esse meu momento que se inicia e que se Deus quiser, será de muita parceria e muito sucesso 🙂

Eu espero que vocês tenham gostado tanto quanto eu!

XOXO e boa semana mig’s queridas!

Link permanente 1 Comentário

Conferência de Moda: Premiere Vision

02/08/2011 at 12:00 PM (All about!, Eventos) (, , , , , , , )

Hello mig’s!

Enfim cheguei com o post da conferência bapho que teve lá na Premiere Brasil em SP. (sorry a enrolação, mas é que tá apertado fazer tudo ao mesmo tempo agora, rs!). Nos dois dias de feira rolou essa conferência concebida pela equipe do Première Vision (Paris) ministrada pela diretora de moda Pascaline Wilhelm, que abordou  as tendências de Outono Inverno pra 2012 (as cores, as estruturas e os comportamentos da moda da temporada.)

Mig’s é engraçado, eu sei, mais uma vez a moda voando ( e sempre vai ser assim!), como se já não bastasse a moda verão já invadir as lojas enquanto mal desapegamos dos casacos e coletes (peles fake feelings!) já estão sendo informadas as novidades para o próximo inverno! No começo me assustei com essa rapidez mas agora que estou no meio, compreendo e busco mostrar pra vcs o universo ‘fashion’ pelo ângulo pouco abordado por aí. Como eu disse no post da feira, o ‘por tras das cortinas’ nos faz enxergar muito além daquele trabalho pronto que as pessoas já recebem nas vitrines, e que de fato é o que leva o nome da MODA.

Esses dias, li por aí (eu leio tanta coisa que me esqueço exatamente onde!) uma blogueira dizendo que a maioria das pessoas vêem a moda como algo fútil e só. Se esquecem de que existe sim todo um trabalho, uma mão de obra, um mercado que emprega muitas pessoas, fora do glamour, fora do brilho das marcas, eu estou falando é das pessoas que fazem realmente tudo acontecer e que contribuem na longa jornada do produto até que ele apareça assim ‘fútil’ pra quem quiser!

A minha experiência nesse último mês foi tão intensa que já vejo realmente TUDO com  outros olhos e sei que tenho muito o que aprender, ao contrário do que a muitos pensam, trabalhar no mundo da moda, no verdadeiro mundo da moda requer qualificação e conteúdo e acima de tudo muito trabalho!

Gente, uma das coisas que estou aprendendo é ser cara de pau hahaha, dá pra acreditar que era proibido tirar foto na feira inteira? E na conferência então, impossível! Fui tirar uma minha e levei maior carão, ossos do ofício hahahaha mas deu pra tirar fotos do início pra mostrar pra vocês! Usamos fones com tradução simultânea e rolou aquela raivinha por não ter levado a sério meu curso de francês, fiquei na vontade de entender tudo francesinho francesinho, mas fiquei só na vontade, rs!

Bom, eu não vou ficar listando item por item do que vai ser usado, na verdade essas informações foram úteis pra já abrir os olhos do que irá acontecer lá na frente. No curso de cool hunter (depois faço post sobre!)  a pedida é você poder ver cinco anos a frente da tendência atual, ou seja ter um feeling do que vai usar, do que será adotado como comportamento! Por isso é muito útil acompanhar estes eventos para se manter antenada e amadurecida das idéias, rs.

Uma das coisas que eu digo e repito é a influência da filosofia como ponto de partida para qualquer assunto! Na Moda NADA é envão. Aquela cor, aquela textura, aquela estampa não é usada por acaso, ela entra dentro de uma cadeia de pensamentos e atitudes (é aí que entra o comportamento!) que determina o momento e os fatos! Por exemplo: a palavra chave da conferência foi  o Nomadismo : WP: O nomadismo é a prática dos povos nômades ou seja, que não têm uma habitação fixa, que vivem permanentemente mudando de lugar. Explicação: Vivemos em um momento de globalização e de mistura de povos, de cultura, uma mistura que facilita o vai e vem entre as pessoas. A mensagem é passada para vários povos sem precisar ser traduzida em várias línguas! A visão do futuro prevê uma geração cada vez menos egoísta e menos ostentadora, sendo assim os materiais serão de qualidade mas não irão ostentar ser de uma fibra mais cara. Entre outras denominações, entra o rústico, que é o tipo mais clássico, meio antigo, sem deixar de ser novo e moderno, é realmente a verdadeira mistura de vários pensamentos que dão vida ao que será usado no seu corpo! Não é interessante? Enfim, sucesso total, foi uma experiência divina eu diria, uma aula do que é trabalhar na moda, de como ver a moda, enfim…

Eu com cara de cansada mas feliz, feliz lá na Premiere em SP!

Essa mesma conferência irá acontecer em Paris mês que vem o que quer dizer que eles nos presentearam em primeiríssima mão as cartelas de cores que irão usar e toda a estrutura!

Espero que tenham gostado!

XOXO

Link permanente Deixe um comentário

PREMIERE BRASIL 2011

26/07/2011 at 10:18 AM (All about!, Eventos) (, , , , , , , )

Então enfim vou falar do meu grande motivo por ter ido a São Paulo na última semana! A convite de um querido amigo atuante no mercado da moda, fui ver de perto e participar da quarta edição da Premiere Brasil.

Assim como a SPFW a Premiere é um evento famosíssimo no mundo da moda, só que mais direcionado a profissionais que trabalham na etapa inicial e em todo o processo (trabalhoso!) até chegar as passarelas e por fim nas vitrines!

A Premiere Brasil é um evento que tem parceria com a Premier Vision, feira parisiense importantíssima, responsável pelos lançamentos do segmento têxtil que serão as maiores apostas do mercado e tendências para as próximas estações, e consiste em reunir  renomados expositores brasileiros, latino-americanos e internacionais, vindos principalmente da Europa e da Ásia.

É um encontro onde os profissionais da moda compram e  fazem pesquisa de referência  sobre o que há de novo no mercado têxtil, diversificações de tecidos (malharia, algodão), materiais de alfaiataria, rendas, jeans, acessórios (botões, zíperes, etiquetas e demais aviamentos) e tudo o mais que é preciso para criar uma coleção!

Aí encima é a entrada onde estavam expostos todos os produtos oferecidos pelos expositores, de sedas da Turquia a botões franceses, tudo baseado na tendência Outono Inverno de 2012.

Para entender melhor, o salão foi dividido em seis universos. Os setores são agrupados por áreas, o que facilita a organização dos
expositores e a visita dos compradores. Cada espaço tem uma cara e uma atmosfera própria: Denim & Sportwear – jeans, sarja, algodão, lavanderias,além de acessórios têxteis com foco neste segmento. City & Glam – dedicada à moda urbana e formal composta por lãs, alpacas, tricolines e à moda glamorosa com tecidos finos e sofisticados como sedas, cetins, rendas, bordados, tafetás, entre outros. Yarns & Fibers – área de fibras e fios. Designs Studios – arte e desenho têxtil para estamparia. Accessories – botões, zíperes e demais tipos de aviamentos. Sport & Beach – tecidos e materiais para moda praia, esportiva e lingerie.

 Grandes nomes estiveram por lá como a marca italiana Lyria (que vende tecidos para NK Store, Daslu, Reinaldo Lourenço) e a  empresa francesa Sophie Hallette responsável pela renda do vestido de noiva de Kate Middleton.

A Confetti, empresa que fui convidada, trabalha com sedas da Turquia e também entra pro hall dos grandes nomes com uma lista de vários clientes renomados mas isso eu vou contar em um post exclusivo,é claro!

Além disso tudo, rolou uma conferência sobre as tendências com a diretora de moda da Première Vision, Pascaline Wilhelm que foi uma aula de moda e que eu também contarei com mais detalhes em um próximo post ok?!

Espero que tenham gostado mig’s! Meu interesse como profissional da moda é de trazer além de dicas e novidades, muita informação e conhecimento pra mostrar que a moda não é só look e consumo, a moda é uma filosofia que move o mundo!

XOXO

Link permanente 1 Comentário