Buenos livros!

15/11/2011 at 10:06 AM (All about!, Trips!) (, , , )

Para os amantes da literatura, adoradores de livros, ilustrações, e principalmente de antiguidades, a dica é se deliciar em Buenos Aires com sebos! Existem tantos, que você não precisa ir até eles pois eles aparecem pra você!

Passeando pela ‘Calle Florida’ uma famosa rua de BA (vale o passeio pra compras e um cafezinho, também tem hostels legais!) me deparei com muitas banquinhas de livros relíquias pra todos os gostos e estilos, todos embaladinhos e conservados prontos pra serem levados pra casa! Normalmente, monta-se a barraca na frente do sebo que tem pouca visibilidade, alguns são dentro de galerias no subsolo o que dificulta a passagem das pessoas pra conferir seu interior então eles fazem essa estratégia que dá certo e é um chamariz a céu aberto pra quem gosta!

Gosto muito de livros antigos, gosto do cheiro que eles têm…sinto a história que eles carregam além da que está escrita em suas páginas, loucura? rs! Também gosto do amarelado, imaginem que quase todos os meus livros de filosofia são de sebos garimpados pelo Brasil, quanto mais antigo o exemplar, melhor, rs! Vai entender…mas claro, eles têm que estar em bom estado, bem cuidados, livros são valiosos, são como jóias, merecem um bom tratamento, mesmo com o passar do tempo não deixarão de ter seu valor e seu conteúdo será de mesma importância hoje ou daqui a dez anos!

Sempre que viajo compro um livro, SEMPRE, rs! E quando vou a Buenos, escolho livros com poesias. Não tenho o menor dom pra falar espanhol ou castelhano, tão pouco para ler, mas não têm problema, eu me esforço e no mais são tão charmosos e intensos que vale a pena trazer pra casa. É especial. E a maioria têm um ótimo preço!

Encontrei uma coleção gigantesca de livros do Gabriel García Márquez, inclusive uma primeira edição de 1967 de Cem anos de Solidão ‘Cien Años de Soledad’  o clássico! Papeando, fiquei sabendo que por lá, na Argentina eles consideram o título acima ‘El Otoño del Patriarca’ o melhor livro de ‘Gabo’ mas que não se tornou tão famoso por sua leitura pesada, sua escrita que particularmente é bem carregada e por isso, difícil até de ser traduzida em outros idiomas. Se eu achei Cem Anos de Solidão pesado imagine esse!

 Além de livros de arquitetura, história da arte, tinha também muitos livros de personalidades como Che Guevara e claro, ela, Evita Perón!

Impossível passar por Buenos Aires e não ver algo sobre estes dois idealistas históricos! Evita então, nossa! #merece post!

Argentina é um país que vive do seu passado, talvez para ter mais esperança de um futuro melhor do que os dias difíceis dos últimos tempos, por isso gosto tanto de lá, pois onde quer que  vá, irá encontrar algo que lhe conte  sobre sua história, sua cultura e passear pelos livros pode ser uma deliciosa experiência!

Hasta la vista!

 

Anúncios

Link permanente Deixe um comentário